Teses

 

O Som ao Redor: Leituras, memória e ruína

Autora: Laura Josani Andrade Correa

Ano de defesa: 2017

A tese, realizada na Universidade Federal de Santa Catarina, analisa o filme O som ao Redor, a partir das noções de arquivo, tempo e imagem, formando uma teia literária de suporte para pensar a complexidade do filme. Um dos objetivos é entender as personagens-chave (Bia e Francisco) e figuras imagéticas recorrentes (a grade e a espiral).

Acesse a tese

 

 

Trajetória do cinema de animação em Pernambuco

Autor: Marcos Buccini Pio Ribeiro

Ano de defesa: 2016

A pesquisa, realizada na Universidade Federal de Pernambuco,  resgata a trajetória do cinema de animação pernambucano através de seus atores e suas obras. incluindo um levantamento catalográfico de todas as animações pernambucanas, desde 1968 até 2016. A tese revisa 168 animações com mais de 50 realizadores entrevistados. O autor observa a influência da tecnologia, o contexto cultural, a profissionalização, o crescimento de um mercado, a participação de editais de fomento, festivais e instituições de formação profissional e acadêmica e, finalmente, a estética usada nessas animações. 

Acesse a tese

 

 

A construção da atuação no cinema: Um estudo a partir das experiências dos atores Irandhir Santos e Hermila Guedes

Autora: Maria Alice Lucena de Gouveia

Ano de defesa: 2016

Esta pesquisa busca entender o processo de preparação do ator no cinema pernambucano a partir da sua desconstrução, tendo como objeto de estudo o trabalho de imersão do ator Irandhir Santos, protagonista dos filmes Febre do Rato (2011), do diretor Cláudio Assis; Tatuagem (2013), do diretor Hilton Lacerda; O Som ao Redor, 2013, de Kléber Mendonça e História da Eternidade (2014), de Camilo Cavalcante. Além desses, existe o trabalho da atriz Hermila Guedes, Era uma vez eu, Verônica, 2014, de Marcelo Gomes e O Céu de Suely, (2006), de Karim Aïnouz.

Acesse a tese

 

 

Sonhos em Movimento: I Mostra de Audiovisuais produzidos por Adolescentes no Recife do Século 21

Autora: Jane Pinheiro

Ano de defesa: 2015

A tese propõe uma Mostra Imaginária de curtas realizados no Recife por jovens cineastas, colocando em evidência os diálogos subterrâneos, as paixões, a pluralidade de olhares e a diversidade de questões que o universo dos audiovisuais escolhidos suscitam, incorporando paradoxos, potencializando a poesia.

Acesse a tese

 

 

O Filme ao Redor: o Empreendedorismo Cultural na produção de cinema em Pernambuco

Autor: José Roberto Ferreira Guerra

Ano de defesa: 2015

O objetivo da dissertação é compreender como se caracterizam as dimensões discursivas que demarcam o empreendedorismo cultural no campo do audiovisual, como foco no contexto da produção de cinema em Pernambuco foi elucidativo para a compreensão da dinâmica empreendedora da produção cultural “fora do eixo”. 

Acesse a tese

 

 

 

A Reconfiguração da Nordestinidade: imagens do espaço Nordeste em Árido Movie, 2000 Nordeste e n a trilogia do escritor Antônio Torres

Autora: Manoela Falcon Silveira

Ano de defesa: 2014

Manoela Falcon Silveira discute, nessa tese defendida na Universidade Federal de Bahia, o conceito de “nordestinidade” nos romances Essa Terra (1976), O cachorro e o lobo (1997) e Pelo fundo da agulha (2006), do escritor Antonio Torres, e nos filmes Árido Movie (2005), de Lírio Ferreira, e 2000 Nordestes (2000), de David França Mendes e Vicente Amorim. Para a autora, a reconfiguração do Nordeste, marcada pelo livre acesso às novas tecnologias, tem deslocado o significado dos espaços regionais.

Acesse a tese

 

 

A Brodagem no Cinema em Pernambuco

Autora: Amanda Mansur Custódio Nogueira

Ano de defesa: 2014

A tese traça uma história do cinema em Pernambuco a partir da constituição de grupos de cineastas que operam em um modo colaborativo de produção conhecido localmente como “brodagem”. A autora procura enriquecer as informações históricas sobre a construção dos vínculos afetivos na tentativa de traçar uma fisionomia específica do “cinema de brodagem”, sob o ponto de vista do compartilhamento e representação dos sentimentos.

Acesse a tese

 

 

Vigilante Cura: uma educação cinematográfica nos colégios católicos de Pernambuco na década de 1950

Autor: Haroldo Moraes de Figueiredo

Ano de defesa: 2012

A tese foi produzida no Programa de Pós-graduação em Educação da UFPE e estuda a educação cinematográfica em colégios católicos de Pernambuco na década de 1950, a partir das encíclicas papais Vigilanti Cura e Miranda Prorsus, escritas respectivamente pelos Papas Pio XI (1936) e Pio XII (1957). Esse movimento contribuiu também para a criação de cinemas e cineclubes católicos pelo Brasil, inclusive Pernambuco, destacando-se o Cineclube Vigilanti Cura (1952).

Acesse a tese

 

 

O cinema brasileiro contemporâneo e a invenção do sertão-mundo: errâncias a céu aberto

Autora: Émile Cardoso Andrade

Ano de defesa: 2011

A tese analisa imagens fílmicas do sertão, produzidas pelo cinema brasileiro, e suas relações com a pós-modernidade e a globalização, bem como com as novas formas de política e as identidades que se relacionam com ela. É também uma análise de como é possível pensar este espaço em termos de subjetividades e metaficção, sobretudo em O céu de Suely (Karim Aïnouz, 2006) e Cinema aspirinas e urubus (Marcelo Gomes, 2005).

Acesse a tese

 

 

Acesse aqui também as dissertações disponíveis.