Destaques

Sessão Cinemateca celebra o Frevo

Os sete maestros.

 

A Sessão Cinemateca deste mês vai celebrar o carnaval. O time escolhido é Sete Corações, dirigido em 2014 por Déa Ferraz para a Ateliê Produções. O professor de música Maurício Cezar é o debatedor convidado e vai explicar a importância do frevo na cultura de Pernambuco.  A sessão acontece nesse sábado (16/02) no Cinema da Fundação/Museu, às 16h30, com entrada gratuita.

O documentário é uma grande oportunidade para quem quer conhecer melhor sete grandes maestros pernambucanos: Clóvis Pereira, Guedes Peixoto, Nunes, Ademir Araújo, Duda, Jose Menezes e  Edson Rodrigues. São sete vidas,  sete histórias, unidos por um só ritmo: o frevo. Durante a produção do documentário, eles foram desafiados a compor um único frevo de rua, batizado justamente de Sete Corações. O longa aproveita a criação musical coletiva para ouvir as histórias de cada um desses geniais compositores. E assim, enquanto o frevo vai sendo composto, entendemos como eles percebem a importância do frevo na evolução do carnaval pernambucano.

O desafio aos músicos veteranos é lançado pelo maestro Inaldo Cavalcanti de Albuquerque, mais conhecido como Spock, que durante o filme vai explicando como a história dos compositores se mistura com a do próprio carnaval. Spock estás na origem do documentário: ao fazer uma pesquisa sobre o frevo, ele se deparou com uma grande carência de registros, especialmente audiovisuais. Nasceu daí a ideia de homenagear os sete mestres, enquanto ainda estavam vivos. O filme mostra também a preparação do próprio carnaval. Desde os camelôs vendendo fantasias até a grande apoteose no Marco Zero, com uma multidão saudando os maestros.

O músico Maurício Cezar, professor do Instituto Federal e do Conservatório Pernambucano, será o debatedor da Sessão Cinemateca. Além de tocar diversos instrumentos, o musicista conhece bem a composição e a história do frevo, como ritmo pernambucano e Patrimônio Imaterial da Humanidade desde 2012, segundo a Unesco.

 

Maurício Cezar

 

Sobre o convidado:

Mauricio Correia Cezar Neto, natural de Olinda/PE, é graduado em música pela UFPE e especialista em História das Artes e das Religiões pela UFRPE. Pianista e tecladista, iniciou seus estudos musicais na banda marcial do Colégio Estadual Joaquim Távora (Niterói / RJ) e participou de diversas bandas escolares. Estudou piano popular e disciplinas teóricas no Conservatório Pernambucano de Música, lugar em que lecionou Piano Popular e Teclado 2008 – 2018. Participou como compositor e arranjador do Concurso de Música Carnavalesca, promovido pela Prefeitura da Cidade de Recife em 2008 e 2009, obtendo o 4º lugar com o frevo de rua Munganga e o 2º lugar com o frevo de rua Um passista em Buenos Aires. Atualmente leciona a disciplina de Piano Popular no curso de licenciatura em música do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE).